SETEMBRO MÊS DAS VINDIMAS

NOVOS MINISTROS

DUPLA PERSONALIDADE

Mister Sócrates ou Doctor José?



 

sexta-feira, 26 de junho de 2009

VASSOURADA XVI

A dívida externa de Portugal em 1996 era de 10%
Actualmente é de 100%

Durante este tempo a responsabilidade governativa foi:
PS - 130 meses (Guterres 78 + 52 Socrates)
PSD - 35 meses (Barroso 27 + 8 Santana Lopes)

PS esteve no governo 70% do tempo
PSD 30%
(números redondos)

Fácil se percebe que o grande culpado é o PS.
Daí que, dizer-se que Guterres tinha deixado o país de tanga não era alegoria nenhuma
Dizer-se agora, que Sócrates deixa os portugueses de tanga é outra verdade incontestável.

Na última década Portugal não só estagnou como empobreceu (excepto os bancos e banqueiros e os empresários e gestores, Governador do Banco de Portugal e respectivo conselho de administração).

Isto só tem paralelo com os 10 primeiros anos da República de há cem anos atrás.

Chamar a isto uma democracia de sucesso é cair no ridículo, por muitos magalhães que se possam distribuir.

Ah, é verdade, até a empresa que monta os migalhães já caiu na alçada do Ministério Público e das Finanças e até se inventou uma fundação fantasma para manipular os dinheiros que são de nós todos.

Vivó socialismo socretino

4 comentários:

Anónimo disse...

Com este governo tudo piorou.

Até o nariz do Pinóquio já chega à Atalaia

Anónimo disse...

Ouvimos o senhor sócrates e pasmamos.

Acaba de dizer mais uma baboseira:

"A direita não aprendeu nada com esta crise"

falava para os jotinhas socialistas

Olhamos para os resultados do desemprego, da insegurança, da dívida externa e interna, para o PIB, etc., etc, etc e o que vemos?

Percebemos claramente que este governo nem governa à direita nem à esquerda.

Governa a TORTO e a DIREITO.

Ainda por cima amnésico selectivo ou será que nem a PT já faz caso do de cujus?

Zé Mateus

Anónimo disse...

Baboseiras dizezs tu, ó anónimo de merda.

Sócrates é o melho primeiro ministro desde o 25 Abril.
Nem Vasco Gonçalves fez melhor.

É o mais culto, mais competente e mais onesto político da democracia.

Anónimo disse...

Tens razão, ó anónimodas 6.24

Tão competente e tão culto e tão instruído que num ano conseguiu fazer uma licenciatura a que lhe faltavam 23 cadeiras.

A farinha amparo deu-lhe um bónus e só fez 6 cadeiras.

Numa delas -Inglês Técnico- conseguiu fazer o exame final numa folhinha A4, enviada por Fax do seu próprio gabinete.

Isto não está ao alcance de qualquer um.

O que vocês têm é inveja

Luis Calhordas

BRINCADEIRAS DO ZEZINHO

Tempestade Perfeita