SETEMBRO MÊS DAS VINDIMAS

NOVOS MINISTROS

DUPLA PERSONALIDADE

Mister Sócrates ou Doctor José?



 

domingo, 1 de março de 2009

PRESIDENTES DA CÂMARA MUNICIPAL DE TAVIRA

Para que conste

Desde a Revolução de 25 de Abril de 1974

1998 José Macário Custódio Correia
1994 Jacinto Luís da Conceição Rodrigues
1991 Jacinto Luís da Conceição Rodrigues (por suspensão do mandato de J. Anastácio)
1990 Joaquim Américo Fialho Anastácio
1986 Joaquim Américo Fialho Anastácio
1983 Joaquim Américo Fialho Anastácio
1980 Joaquim Américo Fialho Anastácio
1977 João Nuno da Rocha Prado
1974 José António dos Santos (16 de Outubro)

Estado Novo
1971 Luís Filipe Lobo de Miranda Malheiro Távora (7 de Abril)
1959 Jorge Augusto Correia (25 de Fevereiro)
1947 Jorge Filipe Ribeiro (4 de Julho)
1942 José Raimundo Ramos Passos
1939 Adolfo Trindade
1938 Isidoro Manuel Pires (2 de Janeiro)
1937 Isidoro Manuel Pires (28 de Janeiro)
1934 Jorge Filipe Ribeiro (23 de Fevereiro)


Ditadura Militar
1933 João José de Matos Parreira (2 de Novembro)
1927 Manuel Luís Baptista Marçal (13 de Junho)
1926 Joaquim Melo Trindade (30 de Junho)

1ª Primeira República
1926 Joaquim Peres (2 de Janeiro)
1923 Jaime Pires Cansado (2 de Janeiro)
1919 João José de Matos Parreira (30 de Janeiro)
1918 José Vicente Cansado (30 de Março)
1918 João José de Matos Parreira (Janeiro)
1916 Zacarias José Guerreiro (27 de Dezembro)
1914 António Fernando Pires Padinha (2 de Janeiro)
1911 António Fernando Pires Padinha (26 de Dezembro)
1910 António Fernando Pires Padinha (8 de Outubro)

Regime Liberal
O presidente da câmara é eleito de forma democrática, sendo escolhido de entre os vereadores com mais votos.

1908 Vasco Pereira de Campos (30 de Novembro)
1908 Joaquim Peres
1905 João Possidónio Guerreiro
1902 Sebastião José Teixeira Neves de Aragão
1899 João Possidónio Guerreiro
1896 João Possidónio Guerreiro
1893 Neste ano, a eleição passa a realizar-se de três em três anos: Sebastião José Teixeira Neves de Aragão, no primeiro ano; em 1894, José Firmino Pires Padinha.
1890 João Possidónio Guerreiro
1888 José Pires Padinha (neste ano não se realizaram eleições)
1886 José Pires Padinha
1884 José Dionel da Franca Matos
1882 José Dionel da Franca Matos
1880 José Bernardo Vizeto
1879 José Bernardo Vizeto (3 de Setembro)
1878 José Júlio Oliveira Baptista (11 de Agosto)
1878 Sebastião José Teixeira Neves de Aragão
1876 João José Victor Pereira da Silva
1874 Sebastião José Teixeira Neves de Aragão
1872 José Joaquim Pimentel
1870 José Dionel da Franca Matos
1868 José Quintino de Oliveira Travassos
1866 José Joaquim de Matos
1864 Manuel Joaquim Paes de Sousa (frequentemente substituído por Luís de Mendonça e Melo, vice-presidente)
1862 António da Esperança Mata
1860 Francisco José Marques Freire
1858 Manuel Joaquim Paes de Sousa
1856 António Felix Penela
1854 Joaquim António Ernesto do Avelar
1852 Joaquim António Ernesto do Avelar
1850 José Nicolau da Conceição Correia de Melo
1847 José Nicolau da Conceição Correia de Melo
1846 Domingos Antunes da Araújo Brandão
1845 António José Vaz-Velho
1843 Francisco António do Rego. Neste ano, a eleição passa a realizar-se de dois em dois anos.
1842 Sebastião da Guarda Cabreira
1841 Rodrigo José de Sá e Aboim
1840 João Paulo de Araújo Pessoa
1839 Alberto António da Guarda Cabreira
1838 Mateus António Pereira da Silva
1837 José Barradas da Graça
1836 José Dionel da Franca Matos
1835 Francisco Álvares Botelho

4 comentários:

Anónimo disse...

Dei uma volta pelo blog e permita-me dar-lhe os parabéns pelo conteúdo do mesmo.
Foi particularmente interessante tomar conhecimento do Foral Velho de Tavira.
Excelente trabalho.
Também gostei de ler o rol dos Presidentes de Câmara de Tavira desde a Revolução Liberal.
A ver quem será o próximo.
Pelo que conheço dos actuais 2 candidatos inclino-me, fortemente, para Rui Amaro, homem sério, responsável e trabalhador qualidades bem demonstradas à frente da Junta de Santiago.
C. Santos

Anónimo disse...

Excelente blog.
Força companheiro e amigo

Anónimo disse...

Percorri o blog que me parece ter aparecido recentemente.
O conteúdo é interessante pelo menos para os naturais do concelho de Tavira.
É um blog a revisitar

Anónimo disse...

Uma saudação para o blog e seu(s) autore(s).

BRINCADEIRAS DO ZEZINHO

Tempestade Perfeita